Busca rápida
barra
Busca detalhada

Home > Artigos > “Robôs Lojistas” mapeiam o interesse dos consumidores no e-commerce


“Robôs Lojistas” mapeiam o interesse dos consumidores no e-commerce

De acordo com levantamento da startup GoBots, as características mais buscadas em televisores foram wi-fi, netflix e outros aplicativos

O jeito como as pessoas fazem suas buscas na internet está evoluindo e deixando expectativas cada vez mais claras. De acordo com um levantamento realizado pela GoBots - startup que automatiza os processos de vendas online, no mês de janeiro, mais de 30% dos consumidores que perguntaram sobre televisores buscaram a presença de wi-fi e compatibilidade com aplicativos de streaming como Netflix. Victor Hochgreb, CEO da GoBots fala das tendências do comportamento do consumidor tendo como base as perguntas recebidas por meio de inteligência artificial em sites de grandes varejistas.

Os “Robôs Varejistas” funcionam como uma espécie de assistente que se comunica e interage com as pessoas com mensagens de texto automatizadas, o estudo realizado pela startup processou mais de 5 milhões de mensagens no início do ano. Foram analisadas as principais características buscadas pelos consumidores online em mais de 100 categorias como eletrônicos, móveis e moda. Os dados levantados são utilizados para um melhor posicionamento de anúncios e no desenvolvimento de novos produtos de acordo com o interesse do cliente.

“A forma que as pessoas se relacionam, tiram dúvida e fazem compras é diferente da que faziam há 10 anos. Os chatbots tem se destacado como uma ferramenta poderosa aliada para quem deseja otimizar recursos, atender de maneira mais eficiente e vender mais. Usando o computador ou smartphones, os consumidores querem resolver suas compras apenas com uma conversa”, explica.

Aparelhos eletrônicos em alta

Dentre as principais descobertas está o aumento da busca por televisores smart com aplicativo Netflix e Wi-Fi. A GoBots também identificou pelas pesquisas que os consumidores se preocupam, durante as compras de celulares e smartphones, se os aparelhos são originais, se a versão é global e se permite o funcionamento em todas operadoras. Outros eletrônicos que se destacaram foram os headsets bluetooth e caixas de som portáteis.

“A conectividade é um fator decisivo no momento da compra de televisores. As mensagens trocadas com compradores apontam um maior interesse por aparelhos que disponibilizam aplicativos. Os aparelhos de Smart TVs estão se disseminando e os serviços de vídeo on demand são um dos fatores desse crescimento”, comenta.

Comportamento de quem compra móveis na internet

A internet mudou até o hábito de compras dos consumidores. Quem comprava móveis em lojas físicas, hoje costuma comprar em sites e e-commerces. Com maior variedade e preços competitivos, os compradores têm procurado por mobílias na própria web. Nessas buscas as cores mais básicas como, branco, preto e cinza predominam. Além disso, a startup mapeou que os itens mais procurados neste início de ano são sofás, cadeiras, guarda-roupas e mesas. O conjunto de mesas e cadeiras também cresceram, os materiais em alta são de madeira, em seguida MDF e MDP.

“O e-commerce é um dos segmentos que mais crescem no mercado varejista. Vale ressaltar que a experiência de compra de móveis tem suas próprias particularidades e difere de outros tipos de produtos. Por se tratar de um item de maior valor, cujas características físicas em conforto e estética se destacam aos olhos dos consumidores, as fotos e dados sobre medidas da peça desmontada e montada, vídeos de uso e de montagem, passo a passo ou um manual online e outras fontes de informações tornam-se prioritários” afirma.

Tendência de moda na web

Já no segmento moda, cores mais básicas também predominam em camisetas e calçados (preto, azul marinho e cinza) e nos vestidos a cor destaque é a marsala. A busca pela característica plus size foi uma que se destacou dentre os produtos. Outros itens que também tiveram mais buscas foram tiaras, turbante e vestidos florais.

“Apesar da interação é importante que os varejistas apostem na pré e pós-venda durante a primeira compra online do consumidor, são fatores importantes que colaboram no retorno do cliente ao e-commerce. Por isso, é fundamental estar atento às mudanças e se adequar às novas demandas para garantir que as necessidades dos compradores sejam atendidas. A pesquisa mostra que os varejistas têm usado os chatbots como uma ferramenta inovadora que auxilia na na decisão sobre o que os consumidores desejam, pesquisam, compram e agem em relação a um item, marca ou empresa.

Sobre a GoBots

Desde 2016 no mercado, a GoBots automatiza os processos de vendas online. Jovem e inovadora, a startup conta com mais de 130 clientes oferece diversas soluções para melhorar a experiência de compra, além de ajudar os lojistas a venderem cada vez mais. Por meio de inteligência artificial, a empresa torna acessível uma tecnologia muito avançada, o que promete revolucionar, cada vez mais, o comércio eletrônico. Com um “Robô Vendedor”, a startup possibilita que os e-commerces e marketplaces atendam os clientes de forma rápida e totalmente automática - o que pode ajudar a aumentar a conversão de vendas online em mais de 30%. Em 2019, a GoBots foi uma das selecionadas para participar do Programa de Aceleração da Start-Up Chile - maior aceleradora da América Latina e uma das 10 maiores do mundo.


Fonte: Agência NoAr



Outros artigos:

Qualidade logística no e-commerce: todos estão preparados?

A logística de e-commerce como arma na fidelização de clientes

E-commerce: evoluindo com a tecnologia




Compartilhe:




Comente